4 de jul de 2010

Encontro-me!

Nane Martins



Ponho todas as fichas num inesgotável momento.
Mas, escorrem-me nomes, registros, sentidos
fazendo-me sentir a infinitude do não.
Corro e encontro-me em dispersão,
ansiosa, contida, esperando
o fim do que seria pleno.
Resgato o momento, o importante,
o inevitável, o incomum.
A tendência é encontrar-me
e sem pudor, sem modéstia,

Encontro-me!




Ao som de Vanessa da Mata (Amado)
A sonoridade da voz de Vanessa é puro encantamento, presença de palco de extremo porte!
Foto: Formas vencem cores de Isabela Daguer

4 comentários:

A.S. disse...

Nane...

Esse momento...
pressentimo-lo deslizar
irresistivelmente
pela encosta do sol,
pleno de fulgor
e de instantes...

Beijos!
AL

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Eu não vou me lembrar onde foi que li.

Mas foi algo assim:

"As apostas contra mim são altas.
E continuam a aumentar."

Então se joga!

Beijo de flor

Cris de Souza disse...

Perco-me nas entrelinhas...

Nane Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts with Thumbnails