29 de mai de 2010

* Daquilo que importa

Ademir Antonio Bacca

não importa o prato na mesa,
se ele não te saciar a mais íntima
de todas as fomes

não importa a poesia,
se ela não te abrir as janelas da vida
todos os dias

não importa a ponte,
se ela só te levar
até o outro lado do rio

Não importa a palavra,
se ela só te consolar
no meio da rua

não importa a vida,
se ela é só armadilha

importa sim, o amor
mesmo que,
de vez em quando,
ele mate

*in “Poesia do Brasil – volume 10”
Foto: Catia Cardoso de Pedro Cabral

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails