1 de set de 2010

Rindo assim!

Eu continuo aqui
Rindo de mim
Me vendo como nem sei se sou
Me sentindo efêmera
Mas de rara contundência.
Pretensão descontida de encarar o tudo
Nem imagine que vou me conter,
Me prevenir do que possa ser intenso e bom
quero mesmo é a efervescência da vida.
Não olho de canto, de soslaio
pra aquilo que posso encarar de Frente.




Foto: apanhei_o_teu_sorriso__by_dontshiver

2 comentários:

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Suas palavras saem faíscas.
Tem o poder de acender fogueiras para aquecer os corações congelados.


Te abraço com amor

Ju Fuzetto disse...

Belissimas letras...

Lindissimo teu canto flor, bom final de semana, beijo

Related Posts with Thumbnails