6 de out de 2007

Companhia

Cazuza / Roberto Frejat / Ezequiel Neves

Se você quiser
Prender o seu amor
Dê liberdade pra ele
Mas nunca lhe diga adeus
Que adeus é tempo demais

Espera
De repente ele chegar
Com tanta história pra contar
Quem sabe pra repetir
O que você quer ouvir de novo

É um desperdício comum
Dois viver vida de um
Querer viver cada emoção eternamente
Querer viver cada emoção eternamente, não

Eu não ligo para estar sozinha
Pois tenho por companhia
Mil corações onde sou rainha

Pois cada homem que amei
Em cada um eu deixei
Uma pista do meu caminho

É um desperdício comum
Dois viver vida de um
Querer viver cada emoção eternamente
Querer viver cada emoção eternamente, não


Foto: Ficou o teu pé na areia de Margarida Araújo




Um comentário:

Margarida Araújo disse...

Obrigada por escolher uma fotografia minha.
Bonito poema.
Margarida Araújo

Related Posts with Thumbnails