7 de fev de 2008

Do sentimento trágico da vida


Natália Correia

Não há revolta no homem
que se revolta calçado.
O que nele se revolta
é apenas um bocado
que dentro fica agarrado
à tábua da teoria.

Aquilo que nele mente
e parte em filosofia
é porventura a semente
do fruto que nele nasce
e a sede não lhe alivia.

Revolta é ter-se nascido
sem descobrir o sentido
do que nos há-de matar.

Rebeldia é o que põe
na nossa mão um punhal
para vibrar naquela morte
que nos mata devagar.

E só depois de informado
só depois de esclarecido
rebelde nu e deitado
ironia de saber
o que só então se sabe
e não se pode contar.
Foto: só de Rui Vale de Sousa

2 comentários:

Fairy Tales disse...

Oi! Tudo bem? Você já conhece o Fairy Tales ?
To passando pra te convidar a conhece-lo! Lá
você encontra free layouts pro seu blog, gifs,
reloginhos, calendários e muito mais pra deixar
seu blog lindão! Corre pra lá! www.fairy-tales.com.br
E se quiser entre também na nossa comunidade no orkut!! Beijinhos

milena disse...

nossa, tá lindo por aqui viu! muuito encantador!
parabéns, o meu nao é muito igual ao seu! é beeem diferente :) passa lá e ve, ok?
BEIJO te espero la, vc vai ser super bem vinda por la

Related Posts with Thumbnails