26 de nov de 2010

Quando Amanhecer



Vanessa da Mata/ Gilberto Gil



Quando amanhecer será
Para iluminar você
Vai anoitecer o dia
Se não vier

Mas se for presente
Tudo iluminará
Meu humor, meu coração
Como deve ser se
Ser como Deus quer for
Milagre, resignação
Roupa colorida
Alegria às vistas, indecência, indiscrição
Seu cheiro me achando
Minh’alma perdida
Direi que é céu no chão

Quando anoitecer será
Para te fazer dormir
Estrelas que nem brilhantes
Pra te vestir
Vai saber que Deus fez
As damas da noite
Preparando o seu buquê
Como vai dizer não
Se tudo o que eu vejo
Está aqui pra te servir

A mais bela roupa
Roupa de ir a festa
Coloquei pra te esperar
Disco na vitrola
Uma vela acesa
E a lua mais cheia

Quando o sol nascer será
Para desenhar você
Ou será você que virá
Pro sol nascer



Foto: self_made_lemonade_by_Ronaaa

23 de nov de 2010





"O sonho encheu a noite
Extravasou pro meu dia
Encheu minha vida
E é dele que eu vou viver
Porque sonho não morre."



Foto: day dream  by ~belovaan

Dedução





Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.
 
 
 
Foto: kiss_by_Maggot_for_valentine

17 de nov de 2010




Mário Quintana

A alma é essa coisa
que nos pergunta se a alma existe.

Luis de Camões



Eu cantarei de amor tão docemente,
Por uns termos em si tão concertados,
Que dois mil acidentes namorados
Faça sentir ao peito que não sente.

Farei que amor a todos avivente,
Pintando mil segredos delicados,
Brandas iras, suspiros magoados,
Temerosa ousadia e pena ausente.

Também, Senhora, do desprezo honesto
De vossa vista branda e rigorosa,
Contentar-me-ei dizendo a menor parte.

Porém, pera cantar de vosso gesto
A composição alta e milagrosa
Aqui falta saber, engenho e arte".

Ao Meu Amigo, Vento..., Leve, O Amor...!!! Te Amo...!!!





Foto: 10_years_from_now__by_create_illusions-d2xndnl

11 de nov de 2010

As Palavras

Vanessa da Mata

 
As palavras saem quase sem querer,
rezam por nós dois.
Tome conta do que vai dizer.
Elas estão dentro dos meus olhos,
da minha boca, dos meus ombros.
Se quiser ouvir é fácil perceber.

Não me acerte, não me seque,
me dê absolvição.
Faça luz onde há involução.
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu não.
Reabilite o meu coração.

Tentei, rasguei sua alma e pus no fogo.
Não assoprei, não relutei.
Os buracos que eu cavei não quis rever
Mas o amargo delas, resvalou em mim.
Não deu direito de viver em paz
Estou aqui para te pedir perdão

Não me acerte, não me seque,
me dê absolvição.
Faça luz onde há involução.
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu não.
Reabilite o meu coração.

As palavras fogem se você deixar
O impacto é grande demais
Cidades inteiras nascem a partir daí
Violentam, enlouquecem não me fazem dormir
Adoece e curam, não me dão limites
Vá com carinho, no que vai dizer

Não me acerte, não me seque,
me dê absolvição.
Faça luz onde há involução.
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu não.
Reabilite o meu coração.






Ao som de As Palavras (Vanessa da Mata)
Foto: knife_by_lilianaaa-d32meyx

7 de nov de 2010


Eu digo sempre que das três virtudes teologais chamadas,
eu sou fraco na fé e fraco na qualidade, 
só me resta a esperança. 
Eu sou o homem da esperança.




Foto: Não sei de quem  é a foto

4 de nov de 2010

A Solidão e Sua Porta


 


Carlos Pena Filho  



 
 

Quando mais nada resistir que valha
a pena de viver e a dor de amar
E quando nada mais interessar 
(nem o torpor do sono que se espalha)

Quando pelo desuso da navalha 
A barba livremente caminhar
e até Deus em silêncio se afastar
deixando-te sozinho na batalha

Arquitetar na sombra a despedida 
Deste mundo que te foi contraditório
Lembra-te que afinal te resta a vida

Com tudo que é insolvente e provisório
e de que ainda tens uma saída
Entrar no acaso e amar o transitório.



Foto: you don't know me by =andrea-h

Poema perto do fim



Thiago de Mello


A morte é indolor.
O que dói nela é o nada
que a vida faz do amor.
Sopro a flauta encantada
e não dá nenhum som.
Levo uma pena leve
de não ter sido bom.
E no coração, neve. 
Foto: Não sei a fonte
Related Posts with Thumbnails